Arquivo da categoria: Eventos

Prémios Literários e afins

Embora dificilmente vá participar em algum concurso literário este ano, como soube de alguns, achei que seria interessante divulgá-los aqui.

Prémio de Literatura Infantil do Pingo Doce, texto e/ou ilustração, até 2 de Abril de 2019.

Concurso Novos Talentos FNAC, formato conto ou noveleta, até 19 de Abril (também disponível nas categiras de Cinema, Fotografia e Música).

Prémio Leya, formato romance, até 30 de Abril de 2019.

Prémio António de Macedo 2019, formato noveleta ou romance, promovido pela Editorial Divergência, até 30 de Junho de 2019.

Podem ver mais prémios e concursos no site da DGLAB, mas aconselho-vos sempre a ler atentamente os regulamentos, para não correrem o risco de perder os vossos direitos autorais em troca de quase nada, e calro, não vos aconselho a participar em nenhum concurso em que tenham de pagar para entrar e depois ainda, com um pouco de jeito, pagam para publicar. Alguns concursos pedem um valor de inscrição (são poucos), mas no regulamente detalha que, em caso de publicação, o autor recebe uma percentagem das vendas. Informem-se sempre bem.

Além disto aproveito também para divulgar uma exposição sobre as cartas de amor de Mariana Alcoforado, intitulada “Amor Impresso”, que vai estar patente no Museu Nacional da Imprensa a partir de 29 de Fevereiro e até 31 de Maio de 2019.

Anúncios

A experiência do concurso de poesia “Falar de Água com Amor”

Os vencedores do Concurso de Poesia “Falar de Água com Amor”, promovido pela Águas de Barcelos junto das escolas básicas do concelho de Barcelos, já foram divulgados. São eles: João Lemos, da EB1 de Negreiros (1º lugar), e Eva Simões, da EB1 de Barqueiros (2º lugar). Mais informações o Barcelos na Hora
Parabéns aos dois, em especial, e também a todos os outros alunos que participaram.

Como já vos tinha contado no post anterior, fui convidada a fazer parte do júri de selecção, na companhia do Dr. Víctor Pinho (chefe do Unidade Municipal do Gabinete de Bibliotecas de Barcelos) e B Bernardete Costa (poetisa e autora de vários livros infantis).
Tive oportunidade de ler todos os mais de 700 poemas (ufa!) e encontrei verdadeiras pérolas entre todas estas submissões.

Quando chegou a hora de escolher os premiados, o primeiro prémio foi relativamente consensual (estas situações alguma vez são totalmente consensuais?), mas o segundo prémio foi mais renhido. Havia muito boas entradas e nós só podíamos escolher dois.

Além do primeiro e segundo prémio também foram escolhidos dois poemas para representar cada escola numa pequena exposição que está agora a adornar o espaço do atendimento comercial da Águas de Barcelos. Aproveitem para visitar!

Esta foi uma experiência intensa mas muito boa. Tive oportunidade de ter contacto com o trabalho de crianças muito talentosas e com muita consciência social e ambiental. A reflexão que algumas delas fizeram sobre o estado do planeta, da água e do mundo merece ser lida, e ponderada.

Foi um desafio, especialmente pela quantidade de poemas. O processo de triagem não foi fácil mas o resultado foi fantástico.

Parabéns a todos!

João-Lemos_concurso-poesia_1º-lugar_AdB-e1522162365341

Divulgação: 1ª Edição do Concurso Nacional de Contos de Ficção Especulativa

Está quase a terminar o prazo para a submissão de contos à 1ª Edição do Concurso Nacional de Contos de Ficção Especulativa.

«Imaginauta, o SciFiLx e a Editorial Divergência uniram forças para criar a 1ª edição do Concurso Nacional de Contos de Ficção Científica que visa premiar o melhor conto original deste género entregue para concurso.»

Até 28 de Fevereiro podem submeter os vossos contos. Aproveitem a oportunidade! Vejam o regulamento AQUIAQUI.

Concurso de Poesia “Falar de Água com Amor”

Para quem não sabe, eu trabalho na Águas de Barcelos e através daí fui recentemente convidada pela minha empresa para fazer parte do jurí de selecção do Concurso de Poesia do Dia de São Valentim: “Falar de Água com Amor”.

Há muito que não escrevo poesia e nem vou apregoar-me grande conhecedora desta arte literária, até porque todos sabem que eu escrevo prosa em romance e conto. O que não me impede de ter ficado imensamente contente e humilde com este convite.

Em que consiste? Pois bem a Águas de Barcelos lançou o desafio às escolas do concelho de Barcelos, para que os seus alunos, do 3º e 4º ano lectivo da escola básica, escrevessem um poema inserido no tema “Falar de Água com Amor”, aproveitando comemorações do Dia de São Valentim.
O regulamento está disponível no site da Águas de Barcelos e todas as submissões deverão integrar as palavras “água” e “Barcelos”

Os primeiros dois vencedores receberão prémios e a escola do 1º vencedor receberá também algo.

Até 15 de Fevereiro contamos receber muitos poemas lindos das crianças do nosso belíssimo concelho.

Sei que vou adorar a experiência.

A acompanhar-me estará o Dr. Víctor Pinho, chefe do Unidade Municipal do Gabinete de Bibliotecas de Barcelos, e Bernardete Costa, poetisa e autora de vários livros infantis. Como vêem vou ser a novata do círculo do júri. 🙂

Quando terminar toda esta aventura conto-vos como foi.

EPSON MFP image

Dia do Autor Português

No dia 22 de Maio celebra-se o dia do autor português. Do escritor, do pintor, do escultor, do músico, e de tantas outras formas de autoria.

Este dia, tanto quanto sei, foi uma iniciativa da Sociedade Portuguesa de Autores, que comemora hoje 92 anos.

Nunca é demais recordar também que assim como devemos apreciar o trabalho e obra dos autores, também os devemos respeitar, e isso implica dar crédito, a quem de direito e, sempre que possível, comprar a obra ou assistir ao concerto ou visitar a exposição dos autores. E passem sempre a palavra porque aquilo que vos agrada a vocês, a muita gente também agradará.

No fundo, muitos são os grandes autores nacionais e muitos estão, certamente, ainda por ser descobertos. Quais são os vossos favoritos?

Nota: Hoje é também o dia Internacional da Biodiversidade!

 

Dia Internacional do Livro e dos Direitos do Autor

Dia do LivroNão podia deixar passar o Dia Internacional do Livro e dos Direitos do Autor em branco, certo?

Por isso gostaria de vos convidar a divulgar, aqui e nas redes sociais, quais os vossos autores favoritos de sempre e qual o(s) livro(s) que leram este ano que mais gostaram.

E porque além de autora sou também leitora, deixo uma pequena lista de alguns dos meus autores favoritos (sem ordem de preferência): Markus Zusak, Marissa Meyer, Luís Filipe Silva, Edgar Allan Poe, J.K. Rowling, Carina Portugal, Brandon Sanderson, Vitor Frazão, Robin Mckinley, João Barreiros, Manuel Alves.
E o livro que mais gostei de ler este ano foi: “28 Days Later”, uma banda desenhada de Micheal Alan Nelson e Declan Shalvey.

E não se esqueçam de respeitar sempre o trabalho do autor, seja ele escritor, fotógrafo, músico, ilustrador, compositor, escultor ou outro “-or”.

Ajudem os autores e lembrem-se de, sempre que usam uma foto linda no vosso mural do facebook ou no blog, mencionar que é o autor (ou caso não saibam referir isso mesmo). Os autores do mundo inteiro agradecem!

Por Mundos Divergentes – Passatempo

Para comemorar o lançamento da antologia “Por Mundos Divergente“, onde está publicado um conto da minha autoria, decidi criar um novo passatempo para vos oferecer um exemplar.
por mundos divergentesSobre a antologia:

Num futuro por vezes próximo, por vezes distante, Portugal sucumbe dos mais variados estados ditatoriais. Aquele que pensa é um inimigo do Estado. Um inimigo da pátria que tem de ter cuidado… e os que não têm cura, devem ser sacrificados pelo bem maior.
Por mundos divergentes conta com cinco contos distópicos escritos por Ana C. Nunes, Nuno Almeida, Pedro G. Martins, Ricardo Dias e Sara Farinha.

Sobre o meu conto, “Dispensáveis”:

Enquanto seres humanos gostamos de pensar que cometemos erros no passado para que, no futuro, não tenhamos de fazer igual. Para que não tenhamos desculpas para cair nos mesmo buracos. Mas o que a história nos prova é que os erros se repetem, se multiplicam, se inflamam. Mais tarde o povo verá esta era como uma das mais negras da história da humanidade mas, para já, tudo é aceitável, tudo é justificável, e nada é mais dispensável que a vida humana.

E lembrem-se: quanto mais fizerem Gostar/Seguir/Partilhar, mais hipóteses têm de ganhar.

Fica também, já agora, o vídeo com um pequeno apanhado do evento de lançamento da antologia “Por Mundos Divergentes”, em conjunto com “Comandante Serralves – Despojos de Guerra” e a 2ª edição da antologia 2Na Sombra das Palavras”, que decorreu no passado dia 21 de Setembro, na Arena Devir, no porto.