Arquivo da categoria: Vermelho Sangue

Ideias Dispersas * Scattered Ideas

Semanário 161

Por vezes acontece de haver uma enxurrada de ideias. E quando isto acontece, poucas são as vezes em que as ideias vêm todas para um mesmo projecto. Ou pelo menos é o que tende a acontecer comigo.
Já há algum tempo que não me recordava de ser assolada por várias descobertas em simultâneo. Tive de me sentar ao computador e escrever até sentir que pusera numa folha o que tinha em mente.
O mais interessante – penso eu – é que não foram ideias apenas para um projecto, mas sim para três: “Vermelho Sangue“, “Angel Gabriel ~ Pacto de Sangue” e especialmente para o “PFA” (nome provisório) no qual já não pensava há algum tempo.

Acredito que este enchente de ideias dispersas tenha um pouco a ver com o facto de esta semana ter ponderado se devia ou não participar no Camp NaNoWriMo (em Junho e Agosto, mas se eu fizesse era somente em Agosto). Posso ainda mudar de ideias mas, apesar de estar desempregada de momento, não me parece que vá participar em nenhum desses meses, preferindo depois juntar-me ao NaNoWriMo em Novembro, como já é hábito.
De um ponto de vista mais lógico talvez fosse melhor para mim participar agora que estou desempregada, mas ao fazê-lo estaria a atrasar outros objectivos como a revisão do “Dragões e seus Sacrifícios” e isso não quero fazer. Além do mais com quatro romances à espera de revisão, seria um pouco irresponsável da minha parte escrever outro e negligenciar esses.
Ninguém disse que as revisões eram fáceis e quem me dera ser um dos poucos escritores que não precisa de rever os textos pois sai-lhe tudo bem à primeira. Ai, ai! (Não admira que sejam tão escassos os casos em que tal aconteça)

Tal como tinha falado na semana passada, revi o conto de Livros, que intitulei de “A Dança das Letras“. Tive de cortar alguns trechos para que o conto se inserisse no solicitado pela Fénix 2. Cada vez mais me parece custar escrever contos curtos, o que chega a ser engraçado tendo em conta que no início, quando comecei este blog, todos os meus contos eram bastante curtos (uma ou duas páginas).
Por outro lado não tive tempo de rever o conto sobre Dragões, mas a minha intenção é torná-lo mais divertido e descontraído. Lá para o fim voltei a cair no velho hábito de tornar a história demasiado séria (acontece-me sempre isso, mesmo quando estou convicta que a história é boa para comédia). E depois disso pretendo escrever outro conto sobre Dragões, passado no mesmo mundo (do”Dragões e seus Sacrifícios“) para submeter à Antologia Dragões da Editora Draco (limite 31-07-2012).

E não havendo muito mais a dizer, gostava de saber – se não se importarem – quem está a pensar participar em quais antologias?

Não se esqueçam que a Fénix fanzine está à procura de contos sobre Livros/Bibliotecas Fantásticas e Fantástico no Feminino; e a NanoZine vai fazer um número especial sobre Steampunk (e outras formas de Punk). Todas boas oportunidades de divulgação a nível nacional. (Se souberem de alguma antologia/fanzine que não esteja na minha lista na coluna direita do blog, por favor deixem um comentário com os links)

*ENGLISH*

Weekly 161

Occasionally a storm of ideas happens. And when it does, few times these ideas come for one project alone. Or at least that’s what happens to me.
It’s been a while since the last time I remember being filled with several new discoveries. I had to sit down and type in until what was on my mind was also on a virtual page.
The most interesting thing – I think – is that those weren’t ideas for a single project, but three: “Blood Red“, “Angel Gabriel ~ Blood Pact” and especially for “PFA” (temporary title), a project I hadn’t thought much about in a while.

I believe this assault of scattered ideas has something to do with the fact that this week I thought long and hard about joining Camp NaNoWriMo (in June and August, although I’d only join in August if at all). I might still change my mind but, despite my being unemployed at the moment, I don’t think I’ll be participating in either, instead I’ll do NaNoWriMo in November, as usual.
From a logical point of view it would probably be wisest to join in now, while I’m unemployed, but by doing so I’d be putting aside other objectives, such as the revisions of “Dragons and their Sacrifices” and that’s something I don’t want to do. Besides, with four novels waiting for revision, it would be reckless of me to start writing a new one and neglect the ones that are already written.
No one ever said revisions were easy and I wish I was one of thos authors that don’t need to revise their texts because all their novels come out perfect on the first draft. A, ai! (No wonder the cases are so few).

As I’d said last week, I revised my short story about Books, which I named “Letter’s Dance”. I had to cut off some parts of the story for it to fit into the rules for Fénix 2. More and more it seems like it’s hard for me to write smaller short-stories, which is kind of funny considering that back when I started this blog all my short-stories were really short (one or two pages).
On the other hand I didn’t have enough time to revise my short-story on Dragons, but it’s my intention to make it funnier and lighter. At the end I went back to my old habits and inserted some drama (this always happens to me, even when I’mconvinced the story is a comedy). And after that I’ll write another story about dragons, in the same setting (from “Dragons and their Sacrifices“) for submission to Dragons Anthology by Draco Editions (deadline 31-07-2012).

And with little else to say I’d like to know – if you don’t mind – what anthologies are you think of participating, if any?

Don’t forget that Fénix fanzine is looking for short-stories about Fantasie Books/Libraries and Fantasy in Feminine; and NanoZine is preparing a special number on all things Steampunk (and other Punk trends). All good opportunities of national propaganda. (If you know of any other anthologies/fanzines open to submissions, please drop a comment with the links)

Anúncios

Semanário 153 (Weekly 153)

Mais uma vez terão de me perdoar a brevidade deste post. Não tão somente porque o que tenho para dizer não é muito extenso, mas mais que isso pelas razões do costume: tempo. Ah! Se o tempo fosse realmente maleável talvez as coisas fossem mais simples (ou possivelmente mais complexas).

O mais relevante na semana transacta foi o facto de ter recebido algumas opiniões, críticas, elogios e sugestões dos beta-readers iniciais para “Dragões e seus Sacrifícios“. Uma opinião parcial (a aguardar pacientemente pelo restante) e uma opinião total que me fez sorrir imensas vezes e que me apontou algumas lacunas e inconsistências que irei corrigir assim que puder. Obrigada Júlia! (e obrigada Rui, lembra-te que não há pressas. :).

Parece-me impossível, agora que penso bem nisso, mas só mesmo no fim da semana tive a possibilidade de me dedicar realmente à escrita do conto de super-heróis. Não foi um mau começo, mas ainda tenho muito que escrever e que rever antes de o dar por completo. Não sei se ficará pronto a tempo de submeter à antologia, mas verdade seja dita, não estou muito preocupada. Já decidi que é escusado stressar. Se conseguir, óptimo! Se não conseguir, servirá para outra coisa qualquer (talvez para publicar aqui no blog que está tão parado).

Para além disto esta semana que passou pensei muito (aquele tipo de pensamentos que mais parecem coisas reais e que não nos deixam em paz) no meu projecto “Vermelho Sangue” e no que queria fazer com ele.Mais propriamente no rumo a dar a certas personagens e relacionamentos. Tive ideias para algumas cenas bem carregadas de emoção e que muito me agradaram. Se conseguir torná-las tão vivas no papel como na minha cabeça, serão excelentes (infelizmente o resultado final raramente faz jus à ideia).
Talvez seja este ano que pegue no “Vermelho Sangue“. Quem sabe …

Para finalizar, esta semana, pela óbvia falta de disponibilidade, nem tive possibilidade de ver os posts dos blogs que sigo, daí que hoje não haja links para o exterior. E assim aqui vai a intersecção da semana, para vocês caros leitores: Qual foi o post literário (escrita criativa) da semana finda que mais gostaram de ler (em qualquer lingua)? Não se coíbam de auto-promoção.

*English version bellow*

Once more you’ll have to forgive the brevity of this post. Not only do I not have much to say, as the same reason as always applies: Time. Ah! If only time was really malleable then maybe things were simpler (or possibly more complex).

The most relevant development from last week, was the fact that I received some opinions, critiques, praise and suggestions for “Dragons and their Sacrifices”. One partial opinion (patiently awaiting for its continuation) and one of the complete manuscript which made me smile several times and that pointed out quite a few inconsistences that I plan to fix soon enough. Thank you Júlia! (and thank you Rui, and remember, no hurries. 🙂

It seems impossible, now that I think about it, but only by the end of the week did I get a chance to really dedicate time to the writing of the super-heroes short-story. It wasn’t a bad beginning, but I still have a lot to write and revise before it’s complete. I’m not sure it will be ready in time for submission to the anthology, but truth be said, I’m not that worried. I decided it’s useless to stress about it. If  make it, then great! F I don’t, it will be used for something else when it’s finished (maybe to post it here on the blog, seeing as it has been so empty lately).

Aside from that, this last week I thought a lot (and by that I mean the thoughts filled my every waking hour) about my project “Blood Red” and on what I wanted to make of it. More precisely the path I want some of the characters and relationships to follow. I had ideas filled with emotion, and that pleased me. If I can make them come to live in paper as they did in my head, I’ll have something excellent in my hands (unfortunately, most of the times what gets on the pages is far from what the writer envisions).
Maybe this is the year I’ll write “Blood Red”. Who knows…

As a last note, this week I obviously had no time to visit my favorite writing blogs and therefore I have no ‘exterior’ links to share. That being said, and as a sort of interaction wth you readers, I’d like to ask you: What was the best literary post (about writing) you read last week (in any language)? Feel free to self-promote.

Nos meus outros blogs (On my other blogs):
– “O Fim Chega Numa Manhã de Nevoeiro“, de Renato Carreira