Arquivo de etiquetas: Anormal

Nova Publicação – Anormal (conto)

anormalQuatro anos após a divulgação dos seleccionados para o segundo volume da Antologia Erótica Fantástica da Editora Draco, o meu conto “Anormal” sai em formato ebook!

Para já está disponível individualmente na Amazon e na loja Kobo.

Juntamente com o “Anormal” foram também publicados os restantes contos seleccionados, em edição individual, que incluem trabalhos dos seguintes autores: Georgette Silen; Marcelo A. Galvão; Lily Carroll; Ana Cristina Luz; Rafael Monteiro; Cláudio Parreira; Marco Rigobelli; Rynaldo Papoy; Alexandre Louzada; Adécio Chaves; Karin Kreismann Carteri; Ricardo França; Jorge Candeias.

Os ebooks já podem ser adquiridos, lidos e criticados. Fico a aguardar a vossa opinião.

P.S.: Brevemente falarei sobre esta experiência de publicação em maior detalhe aqui no blog.

Anúncios

2013

2013 numa palavra:

Agridoce

Isto já é um costume aqui no blog: escolher uma única palavra que melhor descreva o meu ano a nível de escrita/publicação, e acho que esta se adequa na perfeição. Pois este foi uma ano que, em iguais medidas, me encheu de alegrias e me esmagou em decepções.

A Última Ceia” e “Electrodependência” (Lisboa no Ano 2000) foram as fontes de maior orgulho. O primeiro porque  chegou a muito leitores em todo o mundo (por culpa de ser grátis, claro) e apesar de ter recebido opiniões divergentes, no geral foi apreciado; o segundo porque todas as opiniões que li até agora foram muito positivas, o que me encheu de orgulho, e porque foi também escolhido como leitura conjunta por duas turmas da Escola Secundária com 3º Ciclo de Ferreira Dias (saibam mais aqui e aqui). Também o “Um Dragão com Alergias” me fez sorrir algumas vezes e tem sido bem recebido pelos leitores.

Em contrapartida, “Angel Gabriel – Pacto de Sangue” foi uma enorme desilusão e também a “Heroína” ficou muito aquém do alcance que eu esperava, embora esta ainda seja recente. O primeiro porque não foi recebido ou divulgado da maneira que eu esperava,e porque as opiniões que saíram até agora não foram muito boas (embora isso nem seja o que mais me decepcionou); o segundo porque praticamente não chegou a leitores nenhuns. No entanto a maior decepção de todas foi mesmo o “Anormal“, o conto que já deveria ter sido publicado pela editora Draco em 2012, e depois em 2013, e até agora nada. Estou muito decepcionada! E o pior é o silêncio da editora.

Sem reacção ficou “Miragem na Chuva” que, até agora, não recebeu praticamente opinião nenhuma.

Continue reading 2013

2012

Mais um ano terminou e, tenho de confessar que achei que 2012 nunca mais terminava. Embora, por razões bem distintas daquelas que me fazem temer o início de 2013. Mas não falemos nisso.

Como vem já sendo costume, escolhi uma palavra para resumir 2012 (ao nível literário):

Publicação

Para mim esta palavra faz mais sentido que qualquer outra pois não só fui publicada (física e digitalmente), como recebi notícias que voltarei a ser publicada em 2013 (antologias). Tendo em conta que até aqui só tinha sido publicada numa fanzines, acho que merece destaque. E claro que a escolha desta palavra em particular também se prende com o facto de eu ter tomado a decisão de publicar o meu primeiro romance “Angel Gabriel – Pacto de Sangue” em ebook.

Como não podia deixar de ser, há que olhar para trás e ver o que consegui fazer daquelas coisas que queria mesmo fazer, além do que fiz fora do proposto.
No início do ano, se bem se lembram,  a minha lista de resoluções para 2012 foi bem singela. Vamos ver como correu:

Participar no SciptFrenzy  FEITO! No último ano deste desafio (fecharam o site) eu escrevi 74 páginas de guião para a BD “Lobo & Dragão“ e ainda delineei grande parte da história restante (muitas páginas);

Participar no NaNoWriMo em Novembro e possivelmente no Camp NaNoWriMo Não Fiz! Em ambos foi uma decisão ponderada. Escolhi rever romances já escritos, em vez de escrever novos romances para ficarem na pilha. Fiquei triste por não participar no NaNoWriMo, mas não me arrependo da escolha;

Fazer revisão de dois romances FEITO! Revi “Dragões e seus Sacrifícios“ e “Angel Gabriel – Pacto de Sangue“, mais uma vez;

Concorrer a antologias e concursos FEITO! Concorri a várias antologias e submeti contos a várias revistas e fanzines;

Internacionalizar a minha ‘imagem’ como escritora FEITO! Comecei por experimentar pôr este blog bilingue mas não funcionou. Agora tenho este blog, mais um em Inglês, tenho Twitter e Facebook bilingue e uma conta de Goodreads Author. Já para não falar que lancei recentemente o meu conto “A Última Ceia” em Português e Inglês;

Definir objectivos de publicação e agir em concordância FEITO! Quando coloquei este objectivo não fui específica, propositadamente, mas o meu objectivo era tentar publicar em antologias nacionais e internacionais (FEITO!) e publicar um romance em ebook (ainda por fazer, mas quase pronto e  já publiquei um conto em ebook, o que é bom o suficiente).

No geral estou satisfeita com o que consegui fazer este ano, embora, como sempre, quisesse ter feito mais e alcançado mais. 2012 foi um bom ano em termos de divulgação e publicação, não tanto a nível de escrita pois embora tenha revisto dois romances, não escrevi nenhum e, de alguma forma, isso faz com que, para mim, o ano pareça menos realizado. Claro que escrevi vários contos e isso também conta, mas não é a mesma coisa.

Acontecimentos-chave deste ano:
– Os encontros mensais de escritores (nanoninjas) no Porto;
– Os encontros mensais do Clube de Leitura de Braga;
– Recebi o selo de “Blog Escritor 2011” pelas mãos da Olinda P. Gil;
– Escrevi a rubrica “Todo o Homem deve escrever um livro” no blog da Olinda P. Gil;
– Terminei de publicar online a BD “Garnath e a Bola de Cristal“;
– O meu conto “Anormal” foi seleccionado para integrar na antologia “Erótica Fantástica – Volume 2” (Editora Draco);
– Ilustrei a capa para a NaNoZine nº5;
– Publiquei uma ilustração e a BD “Não Alimentem a Caveira” na Zona Nippon 1, com arte de Rui Alex;
– Tornei-me uma Goodreads Author;
– Terminei com o Semanário, com pena minha, mas por uma boa causa;
– Anunciei a minha decisão de publicar o “Angel Gabriel – Pacto de Sangue” em ebook;
– Terminei a primeira revisão de “Dragões e seus Sacrifícios“;
– Visitei a EuroSteamCon (Porto), estive com os amigos e conheci gente nova, além de ter tido oportunidade de vestir-me a rigor;
– Terminei as revisões de “Angel Gabriel – Pacto de Sangue” e dei início à tradução para Inglês;
_ Participei na NaNoZine Especial NaNoWriMo;
– Publiquei o conto “Electro-dependência” na antologia “Lisboa no Ano 2000” (Saída de Emergência;
– Visiei o Fórum Fantástico (Lisboa), apresentei a “Lisboa no Ano 2000” e conheci muitos autores e leitores que só conhecia online;
– Disponibilizei o 1º capítulo de “Angel Gabriel – Pacto de Sangue“;
– Publiquei “A Última Ceia” como ebook, gratuitos, em Português e Inglês;
– Criei o blog em Inglês;
– Fui novamente nomeada pela Olinda P. Gil como um dos blogs que mais gostou em 2012. Obrigada!

Em termos literários, 2012 foi um grande ano! Tive muitas alegrias, conheci muita gente nova e simpática no ramo, tive belíssimas experiências, fiz muitos amigos novos e vi o meu trabalho mais difundido. Estou muito contente!

Mas mais que isso, tenho de agradecer a vocês, leitores e amigos, que durante este ano em acompanharam e aconselharam inúmeras vezes. A vossa ajuda foi preciosa para decidir o meu pseudónimo, o título final para o meu livro, a melhor sinopse, entre outras coisas. Em 2013 espero poder contar novamente com a vossa companhia e opiniões.

E vocês, que apanhado fazem de 2012?

Semanário 150 (Weekly 150)

Semanário 150!
*foguetes*****foguetes*****foguetes*

Que número tão bonito! (Soa-me melhor que 100 ou mesmo 200).
E o que traz este auspicioso número? Gostaria de dizer que traz presentes para os leitores, mas não … traz apenas mais do mesmo.

Contudo, permitam-me repetir uma notícia do semanário passado, que na verdade é mais deste semanário, já que apenas a descobri ao fim do dia de 2ª feira.

O meu conto “Anormal” foi seleccionado para integrar a antologia “Erótica Fantástica – volume 2” pela Editora Draco! (Nota: assinei o conto com o pseudónimo Cristina A. Corvo)

*confetis*
Quem diria que o meu primeiro conto publicado em antologia seria do género romance paranormal? Eu confesso que não o esperava e especialmente não com o conto “Anormal“. por três razões:
1) Os editores disseram no regulamente que davam predilecção a contos sem vampiros, ora eu fui logo usar o tema ‘não’;
2) Apesar de ser um conto erótico não é tão explicito como certamente outros serão, mas em contrapartida …
3) … é o conto mais bizarro que já escrevi. Até hoje ainda não percebi bem de onde veio a ideia, mas que foi divertido escrever, lá isso foi.
Já não me recordo se na altura disse aqui no blog, mas estive quase para não enviar o conto para o concurso, isto porque não me sentia confiante e, confesso, tinha alguma vergonha (não tanto pelo conto em si, mas pelo que os que me conhecem pudessem dizer caso fosse publicada na antologia). Mas agora … Who cares? A literatura erótica é tão literatura como outro género qualquer (que o digam os clássicos).

Mais novidades sobre isto em breve, sendo que para já ainda sei muito pouco (ou mesmo quase nada) além do facto de ter sido seleccionada para integrar o volume 2 da “Erótica Fantástica”.

E voltando ao tema inicial sobre o nº 150 do semanário, decidi fazer algo que queria ter feito já no início do ano: alterar as sub-páginas do blog (no topo) e pô-las bilingues. Estão todos operacionais, mas a secção Projectos ainda está em fase de actualização. Conto criar uma sub-página separada para cada um dos projectos em breve, com alguma informação extra sobre as histórias e até mesmo excertos (em alguns). Assim como ligações para contos relacionados com os romances (como o Alma e o PFA). Que vos parece? Sugestões?

E agora apresento-vos a reacção da semana, exactamente como a escrevi no dia 1 de Março (quinta-feira):

Oh Santíssima!
Andei eu a correr (a morrer de dores de cabeça e com o nariz a pingar como uma torneira) para terminar o conto para a antologia Fantástica Literatura Queer antes do fim do dia 1 de Março e não é que depois de enviar (uma hora antes da meia-noite) descubro que eles aumentaram o prazo até dia 10?
Quase arranquei os cabelos.
Mas bem, o conto já seguiu o seu caminho e eu livrei-me de mais um (grande) stress. Ainda bem que não descobri antes o alongamento do prazo, se não ainda tinha um efeito inverso. Às vezes enervo-me comigo própria, mas vá lá que ainda consegui escrever o conto dentro do prazo. Quem diria? (Eu não)

O conto tem o título de “Segredos e Impulsos“, soma 4010 palavras e passa-se no ‘mundo’ do meu romance “Alma“, antes dos acontecimento do livro e é protagonizado pela Momutte e pela Garnath (entre outras personagens). Não é um conto explicito, mas isso foi propositado. Gosto do resultado (bastante diferente do que tinha imaginado originalmente) e isso é o mais importante. O resto virá por acréscimo.

Sinceramente não sei como consegui escrever e rever o conto a tempo. E ainda hoje estou zangada comigo mesmo por ter deixado tudo para a última da hora. Raios!

Mas adiante!
Ainda na semana que passou tive uma ideia para melhorar a ‘construção do mundo’ de “Angel Gabriel” com um ‘twist’ religioso que não me ocorrera antes e que me parece …. perdoem-me a expressão … brilhante! (ego much?)
De verdade! Estou mesmo satisfeita com esta ideia e como pretendia voltar uma última vez ao “Angel Gabriel” para lhe limar as últimas arestas (Juro que é a última vez!!!), este vai ser um dos pontos a acrescentar e acho que vai ajudar imenso a compreender melhor o mundo que criei (ou semi-inventei). Mais não posso revelar para já.

E para terminar, duas perguntas: Que novidades contais vós? Muita inspiração literária?

*ENGLISH*

Weekly report nº 150!
*fireworks*****fireworks*****fireworks*

What a pretty number (like it ore than 100 or even 200).
And what does this number bring? I’d like to say it comes with gifts for the readers, but sadly no … it just comes with more of the same.

Nevertheless, allow me to repeat a bit of news from the last Weekly, which in all truth is this week’s news, considering I only find out about this at the end of last Monday.

My short-story “Anormal (Abnormal)” was selected to be integrated in the anthology “Erótica Fantástica (Fantastic Erotica) – volume 2” by Editora Draco (Draco Editions)! (Note: I used the pseudonym Cristina A. Corvo)

*confeti*
Who knew my first short-story to be published in an anthology would be a paranormal romance? I admit I wasn’t, especially not with this short-story, for three reasons:
1) The editors explicitly said in the guidelines that they would give preference to stories that did not involve vampires, and I went in exactly with the ‘no’ supernatural beings;
2) The story is sensual but it certainly isn’t as erotic as some of the others seem to be (according to the press release), but on the other hand …
3) … it’s the strangest story I’ve ever written. Till now I have no clue where this bizarre storyline came from, but it certainly was fun to write.
I can’t recall if at the time I mentioned it here on the blog but, I was really close to not submitting the short story for the contest, that was because I didn’t feel confident and, I admit, I felt some shame (not because of the story itself, but because of what others would say if I was published in such an anthology). But now … Who cares? Erotic Literature is just as much literature as any other genre (the classics say so).

More news on this soon, because as of now I’m still hazy on the details of the whole thing, aside from knowing I was selected to be published on the second volume of the anthology “Erótica Fantástica (Fantastic Erotica)”.

But going back to the main theme (the nº 150), I decided to do something I’ve been wanting to do since the beginning of the years: update the blog’s pages (at the top) and make them available in Portuguese and English. There all set now, but the Projects’ section is still only half done. I’m thinking of creating a sub page for each of my projects, soon, with some extra information about the story and maybe even some excerpts (probably only in Portuguese). That and also connections to some short-stories I already wrote that are connected with some of my novels (like Alma and PFA). What do you think? Any suggestions?

And now I’d like to show this week’s reaction, exactly as I wrote it on March 1st:
Oh Dear Lord!

I sweated (with killer headaches and my nose dropping like an open tap) to finish the short-story for anthology Fantástica Literatura Queer (Fantastic Queer Literature) before the end of March 1st (the supposed deadline) and then, after sending it one hour before midnight, I find out they extended the deadline until the 10th.
I almost ripped my hair off.
But, oh well, the short-story took its course and I got rid of another big stress. Actually I’m happy I did find out about the extension before, otherwise it might’ve just had the contrary effect and ruined the flow for me. Sometimes I get really mad at myself, but who knew I’d be able to write the story in time? (I sure didn’t)

The short-story goes by the name of “Segredos e Impulsos (Secrets and Impulses)“, and it counts 4010 words total. The storyline takes place in the ‘world’ of my novel “Alma”, before the main events and it tells a story with Momutte and Garnath, along with a few other characters. It’s not an explicit story (the theme allowed for more or less intimacy) but that was on purpose. I like the final result (quite different from what I had first imagined) and that’s the most important. The rest will come after.
I seriously have no idea how I managed to write and review the story in time. And today I’m angry at myself for not getting it ready sooner.

But moving ahead!
Still on this week’s note, I had an idea to improve the worldbuild in “Angel Gabriel” with a religious twist that I had not equated before and I find it … forgive the expression … brilliant! (ego much?)
Seriously! I’m really happy with this idea and since I was thinking of going back for one last revision on “Angel Gabriel” (It’s really the last!!!), his will be something for me to add and I think it will help immensely in consolidating the world I created (or semi-created). But I can’t say anymore.

And to finish off, two questions: What news do you have? And how’s that literary inspiration?

Nos meus outros blogs (On my other blogs):
– “As Atribulações de Jacques Bonhomme“, de Telmo Marçal;
New CafePress Store (visit!)
New Portfolio (visit!)

No exterior (On the Outside):
Behind the Scenes: Writer’s Log VIII, Crónicas Obscuras;
Construindo uma personagem, Metamorfose Ambulante;
5 Tips for Writing a Novel/Memoir Synopsis, Writer Unboxed;
Plot your historical romance at random, How to Write Badly Well;
What I Learned About Writing By Watching Basketball, Writer Unboxed;
Demasiadas vozes, Liliana Lavado;
The Chicken-Egg Paradox of Storytelling, Write to Done;
What’s the first idea you get for a story?, The Innocent Flower;
When Your Backstory Becomes Your Story, WordPlay;
Running out of steam, Rhemalda Publishing;
Novos talentos, Crónicas Obscuras;
A vida e a ficção, Metamorfose Ambulante;
Using Word Count to Stay on Track, CreateSpace;
Creativity Blocked? Here’s the Solution, Write to Done;
The Benefits of Reading Deprivation, WordPlay;
The Secrets of Story Structure, Pt. 2: The Hook, WordPlay;
How to Think Like an Editor, Writer Unboxed

Semanário 149 (Weekly 149)

Enquanto vejo a cerimónia de entrega dos “Prémio Autores” na RTP (em essência, uma iniciativa de louvar), faço também este post, para não falhar com o meu compromisso semanal.
Então, novidades? Há sim, para variar (não queria repetir a tristeza autoral da semana passada.

2012 é o ano do Dragão e esta semana tomei uma decisão à conta disso. Vou rever o “Dragões e seus Sacrifícios” antes dos outros livros que tenho em espera, isto porque talvez o ano do Dragão me abençoe. Não?
Claro que é mais fácil falar do que fazer.Com a minha intenção de escrever vários contos para várias antologias, a estudar duas línguas (Italiano e Francês), com o ScriptFrenzy à porta e algumas BDs planeadas, onde vou buscar o tempo? (Acho que vou ter de cortar em algum lado)
Sinceramente … não sei!, mas isso não me vai impedir de tentar.
E como eu sei que trabalho melhor por objectivos, aqui fica: Rever o “Dragões e seus sacrifícios” e enviar para beta-readers antes do fim de Junho.
Não parece muito difícil (Ai parece, parece!), mas com tudo o resto, terei sorte se conseguir cumprir o prazo.

Os resultados da antologia Erótica Fantástica já saíram e, de entre 150 submissões, eu não fui uma das seleccionadas. Parabéns aos escolhidos! E Buhu para mim.
ALTO LÁ! Parece que cantei derrota antes do tempo. WHOHO! Afinal fiquei agora (mesmo agora, às 00:10h) a saber que fui escolhida sim. O meu conto “Anormal” vai fazer parte do volume 2 do Erótica Fantástica.
O meu primeiro conto publicado numa antologia! WHOHO!
Já ganhei o dia/mês/ano.

Mas falando da real produção literária. Escrevi. Escrevi até consideravelmente, numa tentativa de terminar algo a tempo de submeter a uma antologia cujo prazo está para breve. No entanto, o que escrevi, além de incompleto, não me agradou de sobremaneira, deixando-me até descontente com o resultado obtido.
Descartarei o que escrevi, mas continuarei a tentar terminar o conto no prazo estabelecido, embora me pareça já uma quase absoluta impossibilidade. Isso não irá no entanto impedir-me de escrever a história que quero, pois o conto em si não é feito para a antologia, mas para mim e acho que merece ser contado.
Já anteriormente consegui cumprir prazos mais curtos, mas não farei promessas (a mim mesma ou aos outros). O que virá, virá, pois não quero acabar com um texto que pouco ou nada me diz e que simplesmente falha a nível emocional.

Noutras novidades, fui convidada a fazer parte do Clube de Leitura de Braga, juntamente com o Ângelo Marques e o Manuel Cardoso. Cliquem aqui para mais informações.

*English*

While watching the cerimony for the “Author Award” on RTP (in essence, a worthy iniciative), I do this post as not to fail on my weekly commitment.
So, news? Yes, for a change (I really didn’t want to repeat last weeks authorial failure)

2012 is the year of the Dragon and this week I made a decidion based on that. I will be revising “Dragons and their Sacrifices” before any other novel, this is because maybe the dragons will bless me with good luck. No?
Of course, it’s easier said than done. With my intention of writing several short-stories for several anthologies, the learning of two languages (Italian and French), with ScriptFrenzy close by and a few comics I had planned, where will I ever get the time? (I think I’ll have to cut somewhere)
Seriously, I have not the faintest idea!, but that won’t stop me from trying.
And since I know myself well enough to know that I work better with objectives, here goes one: Revise “Dragons and their Sacrifices“ and send it to beta-readers before the end of July.
Doesn’t seem too hard (Yes it does!) but with everything else happening, I’ll be lucky to make it.

The results for the anthology Erótica Fantástica are out and, among the more than 150 submissions, mine was to one of the chosen for publication. Congratulations to the winners! And Buhu to myself.
HOLD IT! I just found out (as in, right now, 00:10h) that my short story “Abnormal” was chosen to be included on the second volume of the “Erótica Fantástica” Anthology. WHOHO! It’s my first time being published in an anthology, and an international one at that. WHOHO!
Happy, happy, happy!

But going back to the real literary production. I wrote. I wrote a considerable amount, in an attempt to finish something in time to submit for an anthology which deadline is so, so close. But what I wrote, besides incomplete, did not please me enough, leaving me even unhappy with the result obtained.
I discarded what I wrote but I will keep trying to finish the short-story in time, although it seems to me an almost impossibility at this time. That won’t, however, stop me from writing the story I want, because the short-story itself is not made for the anthology but for myself, and I think it’s a story that deserves to be told.
Either way, there have been other times when I managed to make shorter deadlines, but I won’t make promises (to myself or to others). What shall come, shall come, because I don’t want to write a text just fro the ‘writing’, while it lacks in the emotional level.

On other news, I was invited to be a part of Braga’s Reading Club, together with Ângelo Marques e o Manuel Cardoso. More informations here.

Nos meus outros blogs (On my other blogs):
– Garnath and the Crystal Ball – webcomic trailer;
Clube de leitura e Braga;
Denpa Teki na Kanojo, anime;
Espreitadela * Sneak Peek;

No exterior (On the Outside):
How to Restore a Character’s Voice When They Develop Laryngitis, Writer Unboxed;
Be Authentic to Build Your Brand, CreatSpace;
Ler, Escrever, Ler e Reescrever, Horas Extraordinárias;
How to tell if your story begins too soon, WordPlay;
Critiques Part 1, Jeanine Frost;
Finding the trust, The Deadline Dames
A Step-by-Step Approach to Persuasive Writing, Write to Done;
Use Exclamation Marks Sparingly!, CreatSpace;
How to Write a Good Villain, Soul of a Word;
Don’t Tie Off Your Scenes With a Ribbon, WordPlay;
Literatura Fantástica: A nova cara da literatura brasileira, Universo Fantástico;

Semanário 91

Com muita vontade de terminar o conto “Anormal“, na quarta feira sentei-me, dedicada. No fim tinha mais 4517 do que antes, o que deu um total de 9 268 palavras. O meu maior conto até hoje! (quase dava uma noveleta).
Só por aqui, a semana já valeu a pena.

Ainda no mesmo dia procedi a uma revisão global do conto e dei-o por terminado, pelo menos por agora.
Saiu algo além do que tinha em mente quando o comecei, mas gosto do produto final, embora não saiba muito bem o que fazer com ele. Não é propriamente o tipo de história (ou tamanho) que possa submeter a uma revista e neste momento não há pedidos de antologias dentro do género (romance paranormal, meio comédia). Mas logo verei se lhe darei alguma finalidade especial.

E não fiz mais nada relacionado com escrita durante a semana que passou. Mas já agora: Como correu o vosso Natal? Muitas prendas literárias?
Eu cá não recebi nada. 😦 Está mau …

Fiquem bem, e ainda esta semana vou colocar por aqui os objectivos para 2011 que, espero, seja um grande ano.

No exterior:
– Dois participantes do NaNoWriMo decidiram criar uma webszine chamada NaNoZine, no qual qualquer escritor (amador ou profissional) pode participar. Visitem o blog.
– O InfoTeen lançou o nº4 da revista online “There was a story”. Vejam aqui.

Semanário 89

Na quarta-feira, durante mais uma NaNo-Meet (igualmente pouco concorrida), terminei de escrever o conto “O Sangue das Rosas“, que com as suas 5 502 palavras, acabou por seu o meu conto mais longo até à data. (para esta afirmação não contabilizei os contos integrados na história “Através do vidro”, pois embora sejam dependentes, fazem todos parte de algo maior).

Na quinta-feira, depois de dar mais uma vista de olhos ao texto do conto, submeti-o a uma revista. Logo veremos se foi aceite ou não.
Também nesse mesmo dia submeti um outro conto, não inédito mas revisto, a outra revista. também este fica aguardar confirmação.

Já no fim-de-semana, dei uma revisão num outro conto (“Anormal“) que escrevi e que ainda tenho de terminar, mas não cheguei a ter oportunidade de o completar (e que, ou muito me engano, ou irá ultrapassar o número de palavras do “O Sangue das Rosas“). Coisa que pretendo fazer esta semana.