Caneta, Papel e Lápis

Um blog sobre escrita criativa, de Ana C. Nunes (A blog about writing fiction, by Ana C. Nunes)

Dispensáveis

por mundos divergentesDISPENSÁVEIS

Autoria: Ana C. Nunes
Data da Ideia Original: 7 de Novembro 2013
Lançamento: 21 de Setembro 2014
Classificação: Maiores de 12
Formato: Conto
Género: Distopia, Drama,
Espácio-Temporal: Futuro não muito longínquo
Estado: Publicado
Publicação: Por Mundos Divergentes,  Editorial Divergência, Setembro de 2014 (anúncio dos seleccionados)

Resumo: Enquanto seres humanos gostamos de pensar que cometemos erros no passado para que, no futuro, não tenhamos de fazer igual. Para que não tenhamos desculpas para cair nos mesmo buracos. Mas o que a história nos prova é que os erros se repetem, se multiplicam, se inflamam.
Mais tarde o povo verá esta era como uma das mais negras da história da humanidade mas, para já, tudo é aceitável, tudo é justificável, e nada é mais dispensável que a vida humana.

Curiosidades: Esta ideia surgiu do conhecimento de uma antiga tradição portuguesa. Uma tão horrível que me deu a ideia para esta história. Não revelo aqui qual a tradição, pois desvendaria a cerne do meu conto, mas se quem ler não tiver conhecimento do que nela se baseou, tenho apenas a dizer que é bom que assim seja. Se curiosos, perguntem-me directamente (por email).

Podem adquirir o vosso exemplar deste livro no SITE da EDITORA. Também disponível em EBOOK.

Angel Gabriel - Pacto de Sangue

*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*

DISPOSABLE

Created by: Ana C. Nunes
Original Idea: November 7th, 2013

Rating: PG-13
Format: Short-Story
Genre: Distopia, Drama
Space and Time: Near future

Status: Finished and to be published
Publication: Por Mundos Divergentes, Editorial Divergência 2014

Synopsis: As human being we like to believe that the mistakes we made in the past were made so that, in the future, we don’t have to make them again, so that we have an excuse not to fall for them again. But what history tells us is that mistakes are repeated, multiplied and taken to new levels.
Later on, people will look back on this age as being one of the darkest in the story of mankind but, for now, all is acceptable, all is justifiable, and nothing is more disposable than human life.

Curiosities: The core idea for this short-story came from an ancient portuguese tradition. A very horrible one and that I can’t reveal for it would be a great spoiler for the story. All I can say is that, for those who can’t tell what it is by reading, THAT is a good thing. If you’re really curious, contact me directly.

7 thoughts on “Dispensáveis

  1. Pingback: Escolhida para “Por Mundos Divergentes” | Caneta, Papel e Lápis

  2. Olá Ana. Posso saber qual é a tradição?

  3. Pingback: Resumo Mensal 03 | Caneta, Papel e Lápis

  4. Ana, respondi-te por email.

  5. Pingback: Sobre Pontos de Vista | Caneta, Papel e Lápis

  6. Pingback: Resumo Mensal 06 | Caneta, Papel e Lápis

  7. Pingback: Resumo Mensal 08 | Caneta, Papel e Lápis

Comente / Comment

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s