Autora

Nascida na terra do galo em 1983, Ana C. Nunes escreve ficção especulativa desde os catorze anos, altura em que achou por bem entrar num duelo literário (e completamente unilateral) com a sua grande rival desse tempo (e agora sua grande amiga). Muitas colaborações se seguiram entre as duas, culminando na publicação integral do romance gráfico “Que Sorte a Minha” no Jornal Barcelos Popular (2006 a 2007).
É participante anual do NaNoWriMo desde 2008.

Desde muito cedo Ana C. Nunes divide as suas atenções entre a banda desenhada e a escrita, por vezes criando romances ilustrados ou colaborando com excelentes artistas. No campo da escrita criativa, aventura-se grande parte das vezes pela ficção especulativa. Publicou contos em antologias nacionais e internacionais, destacando-se a sua participação em “Lisboa no Ano 2000” (Saída de Emergência, 2013, coordenada por João Barreiros), “Por Mundos Divergentes” (Editorial Divergência, 2014) e o conto “Anormal” (Editora Draco, 2016).

Em 2010 ganhou o terceiro prémio da 4ª Mostra de BD de Odemira, com a banda desenhada “Um dia alguém lhe disse…”.

O seu primeiro romance, “Angel Gabriel – Pacto de Sague”, foi publicado pela primeira vez em 2013, tendo depois uma nova edição em 2018. Tem também publicado vários contos e antologias, alguns dos quais chegaram aos Tops da Amazon e do iTunes.

Ana C. Nunes adora ler, passear, e estar com os amigos. Vive em Barcelos, na companhia da família e dos seus dois cães mimalhos: Mini e Stinky.

Desde 2008 escreveu oito romances:
Angel Gabriel ~ Pacto de Sangue;
V.I.D.A.;
Através do Vidro;
Alma;
Dragões e seus Sacrifícios;
Não Apodreças nos meus braços;
Água Mole em Pedra Dura;
O que Tu vives Eu sou.

E dezenas de contos, grande parte autónomos e alguns que são histórias paralelas tiradas dos mundos dos seus livros.
De momento procura editora para V.I.D.A., prepara-se para laar novas aventuras de “Heroína” e planeia revisões a vários romances e contos.

Contos publicados:
– “Um erro, várias culpas“, na NanoZine 3 (2011/08/01);
– “A Última Ceia – Um Conto de Terror Natalício“, ebook gratuito (2012/12/24);
– “Electro-dependência“, na antologia Lisboa no Ano 2000, pela Editora Saída de Emergência (Janeiro 2013);
– “A Dança das Letras“, na Fénix 3 (2013/04/14)
– “Dispensáveis“, na antologia Por Mundos Divergentes, pela Editorial Divergência (Setembro 2014);
– “Anormal“, pela Editora Draco (Março 2016);

Pseudónimos:
Ana C. Nunes;
Cristina A. Corvo;
Corvo Silva.

Facebook Twittergoodreads_icon_100x100 Linkedin-256

Anúncios

13 opiniões sobre “Autora”

  1. Olá Ana! Gostei mto de receber a tua visita. Depois vim “coscuvilhar” o teu cantinho e oops k jovenzinha cheia de forç e imaginação. Adorei! Todos os teus esforços hão-de ser reconhecidos e sabes cá em casa tb se adora manga e anime!!! Adorei sinceramente a forma como escreves e como te descreves. Agradeço teres tido a frontalidade de dizer k gostavas de ter um robozinho doméstico…e então acho k realmente ñ era má ideía só k a última palavra ten de sr minha…por exemplo aquele canto ficou mal limpo eheh!!! Mtas beijocas

  2. Eu é que agradeço a tua visita. E sim confesso que não tenho grandes aspirações para a lide doméstica daí a ajuda ser sempre bem vinda.
    Obrigada pelo apoio e é bom saber que há mais amantes de manga e anime por aí. Sorte a tua que a tua família esteja contigo nisso, eu não posso dizer o mesmo XD

  3. Já agora… e se quiser… gpstaria de saber um pouco mais sobre o seu trabalho. poderia dar-me alguns links ou sitios ondo posso adquirir o seu trabalho e os respectivos nomes dos memsmos?

    obrigado…

    hugo girão

  4. Hugo,
    Obrigada pela visita.
    Eu não tenho livros publicados e o único site com mostras da minha escrita é este.Claro que tenho trabalhos mais extensos, mas esses ainda estão a ser “melhorados” e não vão ser colocados na net.

  5. Olá Ana, ao ler a sua “autobiografia” pensei… Uauuu , a Ana ainda faz mais coisas do que eu.
    Gostaria de lhe desejar Ana, sucesso porque não é fácil seguir um fio de prumo quando temos demasiadas capacidades e ideias para criar, construir, mas… cada dia é diferente e se hoje tem vontade de escrever, amanha não tem, mas terá vontade de fazer outra coisa ..Sendo assim não existem projectos inacabados, existem sim em construção.
    Parabéns, adorei o que li e acima de tudo a sua personalidade e frontalidade.

  6. Maria, muito obrigada pelos elogios e sinceridade. E sim, tem muita razão quando diz que tanto estou para a escrita como para o desenho, ou outra arte qualquer. É como acordo de manhã.
    Também escreve? Gostava de poder visitar um site seu se o tiver.

  7. Olá Ana, é a primeira vez que visito o teu blog e gostei muito. Tive já a oportunidade de ler o teu conto “A última ceia” e gostei baste, apesar de achar que poderias ter desenvolvido um pouco mais a história, no que diz respeito ao fim da mesma. De qualquer forma gostei muito 😉 a escrita é fluida e dinâmica, prendendo o leitor desde a primeira linha.

    Gostaria de te fazer conhecedora do meu pequeno blog de escrita. Na maioria, publico poemas e alguns textos, mas como tu, este último ano que passou foi complicado para o manter atualizado. Espero que o possa atualizar mais frequentemente a partir de agora 🙂

    O endereço do blog é o seguinte: http://universoescrita.blogspot.com/

    Se puderes, dá uma vista de olhos e se gostares, seria de uma grande ajuda que partilhasses 🙂

    Grande abraço e não te deixes abater pelos obstáculos, pois são eles que nos impulsam a melhorar cada dia!

    Celso Machado

  8. Tenebris, obrigada pela visita. vou deixar o seu link no comentário mas não poderei ajudar mais na divulgação. Este blog é para a minha escrita, os meus livros e os meus contos. Ocasionalmente menciono blogs de outros autores que falam regularmente sobre a sua escrita e cujo conteúdo poderá interessar directamente os meus leitores, mas apenas isso.
    Fica na mesma a divulgação via comentário. Se tiver algum feedback em relação ao meu blog e à minha escrita, ficarei contente por ler. Obrigada!

  9. Olá Celso!
    muito obrigada pelo comentário, pela visita, e por teres lido e comentado o meu conto. Não és o primeiro a dizer que podia ter ido mais longe com “A Última Ceia”, e quem sabe um dia não volte a pegar nas personagens. 🙂
    Gostei de visitar o teu blog e és bem mais activo que eu. Parabéns! tenho de dar uma vista de olhos melhor e ler mais um pouco e logo irei comentar por lá também.
    Entretanto vou colocar o link para o teu blog na barra lateral aqui do blog. Para já é a divulgação que posso oferecer.
    Obrigada!

Comente / Comment

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

Um blog sobre escrita criativa, de Ana C. Nunes (A blog about writing fiction, by Ana C. Nunes)

%d bloggers like this: