Caneta, Papel e Lápis

Um blog sobre escrita criativa, de Ana C. Nunes (A blog about writing fiction, by Ana C. Nunes)

Um resumo do NaNoWriMo

Deixe um comentário

PrintBem, pela primeira vez desde que comecei a participar no NaNoWriMo, tive um desempenho inferior ao pretendido. E 2012 não conta porque nesse ano não estava a participar, mas este ano tinha intenções de chegar às 50.000 palavras e isso acabou por não acontecer.

O que se passou? Para começar foi um erro decidir escrever contos, em vez de um romance, pois embora tivesse as ideias mais ou menos organizadas para as pequenas histórias que queria teclar, a verdade é que este tipo de narrativa não é tão propício a escrita desenfreada e sequencial. Além disso tive muitas dificuldades com o segundo conto em que trabalhei, onde tinha uma ideia geral mas ao escrevê-la comecei a divagar e perdi o rumo, o que me fez ter de parar para reorganizar ideias e foi aí que perdi grande parte dos dias. Foram precisas três tentativas para que este conto romântico fosse levado até ao fim e mesmo assim não estou inteiramente convencida de que funcione.

Felizmente depois de ultrapassar esse ‘obstáculo’ os outros textos foram muito mais fluídos e, por algum tempo, pensei que talvez ainda conseguisse alcançar as 50.000 palavras mas esse sonho mostrou-se demasiado longínquo. Estava demasiado atrasada. Cheguei às 27.860 palavras e estou muito satisfeita com pelo menos o terceiro conto, o que já não é nada mau.

Para vos dar um pouco mais de detalhes, posso dizer-vos alguma coisa sobre as 4 histórias em que trabalhei:

1) Por razões de segredo de estado não posso revelar grandes pormenores do primeiro projecto mas posso dizer que é sobre a infância de uma mulher que estava grávida e com dúvidas sobre o futuro da sua prole. Escrevi três inícios e por fim cheguei a um ponto que gostei e explorei, mas o mais provável é que nunca chegue a usar o texto porque depois acabou por se revelar que não encaixa nos planos.

2) Conto romântico/erótico sobre dois seres sobrenaturais que se encontram num baile de máscaras no Carnaval e se envolvem. Este conto enquandra-se no mesmo mundo que “Água Mole em Pedra Dura” e outras histórias, sendo independente ainda assim. E embora a ideia já tenha mais de um ano decidi escrevê-lo agora porque planeava submete-lo a uma antologia de Fantasia Erótica que está a ser promovida pela Saída de Emergência mas, como disse, não sei se estou satisfeita com o resultado, mesmo depois de dois inícios fracassados, e julgo que este conto ainda vai precisar de uma boa dose de revisão.

3) Este conto conta a vida de uma senhora idosa que se vê só, pela primeira vez na vida, depois do falecimento do marido. É uma história cuja ideia original remonta há vários anos e que em princípio se focaria também num cão mas que assim que o comecei a escrever acabou por se tornar em algo mais. E aquilo que era suposto ser um texto pequeno acabou por se tornar algo um pouco maior. Gostei muito de o escrever e depois de alguns pequenos ajustamentos julgo que ficará ainda melhor. Estou muito contente com esta narrativa.

4) O último projecto a que me dediquei era a continuação de “Pele de Lobo em Corpo de Gente”, um conto que tinha iniciado aquando a Noite do Lorde Byron em 2014 e que nunca cheguei a terminar. Mas acontece que esse texto é um dos melhores que escrevi até hoje (pelo menos para mim) e eu caí no erro de não o terminar logo no dia a seguir. Ou seja, perdi a fantástica voz que tinha adquirido e já por várias vezes tinha tentado escrever o resto do texto e falhado porque o tom simplesmente não chegava perto da primeira parte. Gastei algum tempo a reler o que já estava escrito e a tentar ambientar-me na prosa para a repetir, e escrevi, mas sinto que estou longe de ter alcançado a mesma escrita. Por isso apesar de ter escrito para este projecto, acabei por não o concluir porque não acho que esteja a ser coesa. Daí que pretenda voltar a isto neste mês e possivelmente ainda em Janeiro do próximo ano. Quero que a segunda parte fique pelo menos tão boa como a primeira.

E basicamente foi isto durante o NaNoWriMo 2015. Perdi demasiado tempo com os dois primeiros contos e descarrilei na contagem, terminando com 27.860 palavras mas nem que só consiga aproveitar uma destas narrativas já fico contente pois foi mais do que fiz nos últimos meses e consegui trabalhar em vários contos que queria escrever e concluir.

Para o ano há-de correr melhor.

Autor: Ana C. Nunes

I love to write, read and draw. I write novels, draw characters and, sometimes, graphic novels or comics.

Comente / Comment

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s