Caneta, Papel e Lápis

Um blog sobre escrita criativa, de Ana C. Nunes (A blog about writing fiction, by Ana C. Nunes)

NaNoWriMo 2014 – Diário 19

Deixe um comentário

Já repararam que agora só faço o posto de um dia no dia seguinte? É que quando acabo de escrever estou estafada de mais para fazer o post e só no outro dia de noite é que tenho acesso ao computador. Desculpem lá qualquer coisinha!

Então depois da tão anunciada morte (Ehehe, eu bem sei que não vos disse quem morre mas, vá lá, isso seria SPOILER!) tive que lidar com a reacção das personagens. A Leoba, uma espécie de anjo, ficou louca e quase expôs o instituto. Coitadita, ainda vai sofrer tanto.😛

E só porque isto aqui tem andado um pouco paradito, pelo facto de eu não vos poder mostrar grande parte do texto já que, bem … SPOILERS e coisa e tal.
Fica então um pequeno excerto que foi cortado antes e depois porque revelaria mais do que devia. Ou não estivesse já quase nas 40000 palavras. Espero que não vos aborreça muito este pedaço de texto aleatório. E, não se esqueçam, não está revisto, daí que peço perdão pelas possíveis gralhas.

Carolina apressou o passo e ultrapassou-os. Os seus olhos estavam mais no tablet do que no chão, o que fez os jovens questionar-se sobre a probabilidade estatística de ela se estatelar no chão.

“E agora vamos visitar o gin—-” – Ela nunca chegou a terminar a frase.

“BUUU!” – Vindo sabe-se lá bem de onde, Misha saltou por trás dos dois adolescentes e pregou-lhes um susto que os pôs aos dois com os pés no ar.

Cecília foi a primeira a reagir, lançando o cotovelo para trás. Misha estava tão entretido a rir-se que não teve como se desviar e levou a cotovelada em cheio no estômago.

“Raios te partam, Misha!”

“Jesus!” – Desabafou Jurandir, levando uma mão ao peito.

Agarrado ao estômago, Misha grunhiu e agarrou o braço de Cecília para apoio. – “Já deu p’ra ver que as aulas de jiu-jitsu estão a ter o efeito desejado.”

A rapariga espetou-lhe mais uma valente bofetada na nuca. – “É p’ra aprenderes a não ser um imbecil.” – Tal como Jurandir, levou uma mão ao peito, enquanto com a outra ajudava Misha a levantar-se. – “Pregaste-me um susto de morte, palerma!”

O rapaz recompôs-se com quanta dignidade conseguiu reunir. – “Eu também te adoro, docinho.”

“Vai pentear macacos!” – Cecília virou a cara para o outro lado, mas não antes de os dois rapazes verem como estava vermelha.

O décimo nono dia do NaNoWriMo 2014 terminou com um total de 39386 palavras (mais 2175 que no dia 18).

Autor: Ana C. Nunes

I love to write, read and draw. I write novels, draw characters and, sometimes, graphic novels or comics.

Comente / Comment

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s