Caneta, Papel e Lápis

Um blog sobre escrita criativa, de Ana C. Nunes (A blog about writing fiction, by Ana C. Nunes)

Formatação de Ebooks

11 comentários

Já há umas semanas que não actualizo o blog e já há bastante tempo que não trago nada relacionado com a e-publicação. Tinha prometido fazê-lo e aqui fica mais uma fase, aquela que normalmente dá dores de cabeça a algumas pessoas: a Formatação dos Ebooks.

e-publicaçãob

Antes de mais tenho que dizer que haverá, com certeza, um outro post relacionado com isto, pois este baseia-se apenas na minha primeira experiência de e-publicação, com “A Última Ceia“. Tenho a certeza que quando for a trabalhar no “Angel Gabriel – Pacto de Sangue“, surgirão outros problemas que terei de solucionar.

Então, comecemos. E fica um aviso prévio que, como uso Windows, falo maioritariamente no Word e ferramentas semelhantes mas julgo que para outros programas e sistemas operativos as coisas sejam mais ou menos semelhante.

Preparação

Se forem como eu e tiverem o vosso documento relativamente limpo e organizado, sem muitos tipos de letra diferente, sem tabs (avanços de linha que se fazem com a tecla por baixo do capslock), sem muitos enters seguidos, sem mil e quinhentas formatações; então estão no bom caminho.
Se por outro lado são das pessoas que gostam de ver tudo muito colorido, não sabem usar avanços de linha automáticos (ou não estavam para aí virados), não sabem usar quebras de página e no fim de cada capítulo davam dez enters (ou vinte) até estarem numa página nova; então preparem-se para muito trabalhinho.
O melhor, neste último caso, é mesmo fazerem CTRL+A (para seleccionar o texto todo), copiarem tudo para o Bloco de Notas e depois voltarem a seleccionar tudo (no Bloco de Notas) e colarem num novo documento Word. Assim ficam sem formatações e, embora tenham um pouco de trabalho a ‘arrumar a casa’, ao menos já não será tão problemático.
Nada de cabeçalhos, nada de rodapés e muito menos números de páginas. Tirem tudo!

A primeira página pode ter a imagem da capa. A segunda deve ter o título da obra, o vosso nome (ex: by Autor); [não mais que 4 enters] Copyright do livro, créditos da capa (se for o caso) e de quaisquer outras coisas que possam ter no livro (imagens, tipos de letra, etc); créditos dos editores, se os houver; ISBN (se o tiverem, lembrem-se que não é obrigatório); Email e Site do Autor; Termos de Licença (se permitem que o livro seja ou não distribuído, alterado, divulgado, etc). Nota: O Smashwords tem Licenças já escritas que podem usar à vontade, mas para publicar noutros sites terão de escrever o vosso.

O meu, para “A Última Ceia” foi o seguinte:

Este ebook é de distribuição gratuita e pode ser partilhado, desde que não alterem o ficheiro original. Este ebook só pode ser usado para fins não comerciais. Se gostar de ler esta história, por favor considere deixar um comentário no local de onde fez o download. A autora agradece.

Smashwords

Formatar para o Smashwords é bastante fácil. A sério! Nem vale a pena estar a explicar-vos muito porque os senhores do Smashwords fizeram um grande favor a toda a gente e criaram um Guia de Formatação (download aqui) que está muito bem organizado e é bastante fácil de seguir. Foi o que me ajudou e não doeu … muito. Prometo!
Basicamente o que eles pedem é para usarmos os Estilos do Word e, se não gostarmos dos pré-definidos, para os alterarmos, mas devemos ter todo o texto num ou mais estilos.
Eu usei o Estilo Normal para o texto corrente e o Estilo Título 1 para os inícios de capítulo. Assim que todo o documento estava ‘estilizado’, configurei os dois estilos a meu gosto.

Estas foram as minhas definições, mas cada um usa as que desejar:
– Estilo Normal: Tipo de Letra: Times New Roman; Tamanho: 12; Alinhamento: à Esquerda; Espaçamento de Linha: 1,5; Avanço Especial: Primeira Linha, 1cm;
– Estilo Título 1: Tipo de Letra: Times New Roman; Tamanho: 14; Negrito; Alinhamento: ao Centro; Espaçamento de Linha: 1,5; Avanço Especial: (nenhum); Espaçamento, Depois: 6pto;

Eles também pedem para fazermos uma Tabela de Conteúdos manual e recomendo que o façam conforme eles indicam, excepto num ponto: experimentei fazer link de capa cabeçalho de capítulo de volta para a Tabela de Conteúdos, mas quando o ficheiro era convertido para epub (e outros formatos) ocorriam erros. Desta forma escolhi NÃO fazer hiperligações nos capítulos, apenas fiz da Tabela de Conteúdos para os Capítulos e não o oposto.

Se quiserem podem também inserir imagens no ficheiro. Certifiquem-se de que têm autorização para as publicar e usem imagens com boa definição (tamanhos generosos e definição e 300 dpi). Sigam as instruções do Guia de Formatação e não deverão ter problemas.

No final do vosso ebook resta apenas criar uma página (não se esqueçam de usar as Quebras de Página e não os enters) para deixar os vossos contactos, agradecer aos leitores (ou a quem queiram agradecer). Aconselho a que coloquem pelo menos o vosso email e blog/site para que os leitores tenham como contactar-vos, caso desejem fazê-lo.
Podem ainda incluir a vossa página de facebook, conta de twitter, perfil no google+, conta de autor no goodreads, e, se quiserem, hiperligação para o vosso perfil no Smashwords.

Se fizeram tudo como aconselhado no Guia de Formatação, basta-vos guardar o documento como .DOC (Word 97-2003), irem ao site do Smashwords, criar um novo livro, inserir a informação, fazer o upload e deixar que eles façam o resto. Não se esqueçam de verificar cada um dos ficheiros convertidos (quando o Smashwords terminar o seu trabalho) e ver se precisam alterar algo.
No fim não se esqueçam de submeter o vosso livro a avaliação, para que seja distribuído na iTunes Store, Barnes and Nobles, entre outros;

Kindle

Se seguiram tudo à risca para a formatação do Smashwords, então têm quase tudo direitinho para o Kindle.
Não se esqueçam de criar uma conta no Kindle Direct Publishing, para poderem disponibilizar os vossos ebooks na Amazon. O Smashwords não tem parceria com a Amazon, mas através do KDP qualquer um pode publicar sem custos.

Peguem no ficheiro que usaram para o Smashwords (o ficheiro Word, façam uma cópia só para o Kindle e trabalhem nesse. Removam todas as indicações de Smashwords e, se desejarem, podem adicionar links relacionados com a Amazon (por exemplo, para a vossa página de autor na Amazon, se já tiverem uma).
Na primeira página do vosso documento, ou naquela onde querem que o leitor comece a ver o livro, insiram um marcador chamado START (isto é importante!) e na Tabela de Conteúdos insiram um marcador chamado TOC (não importa se já tinham lá um criado para o Smashwords porque o Kindle precisa de um com este nome específico).

Supostamente o Kindle aceita imagens mas eu não consegui que as imagens inseridas no meu documento funcionassem (será um dos problemas a resolver no futuro) e por isso escolhi remover todas as imagens. Não precisam ter a capa no documento, já que ao criarem o livro no KDP vão fazer upload da capa em separado e depois o Kindle automaticamente associa um ao outro.

Gravem o documento como ficheiro web (HTML) e está pronto para ser colocado no KDP e estar à venda nas lojas Amazon de todo o mundo.

No fim, quando o vosso ebook estiver em todas as lojas Amazon, aconselho-os a juntarem-se também ao Kindle Author Central. Existe um para o Amazon COM, um para o UK, um para o FR, outro para o DE, e têm de criar conta em todos, mas vale a pena! Quem faz parte do Author Central pode chegar a mais leitores e ter contacto mais próximo com eles.

Kobo

A Kobo (que agora tem parceria com a Fnac e, desta forma, é o ereader mais próximo dos portugueses) tem uma parceria com o Smashwords, por isso se quiserem podem simplesmente distribuir directamente do Smashwords para o Kobo e não terão de se preocupar com mais nada.
A Kobo, no entanto, tem as portas abertas aos autores independentes, através do Kobo Writing Life. Qualquer um se pode juntar e, se o fizerem, assegurem-se de que, no Smashwords, retiram a distribuição para a Kobo.
Eu escolhi ir por conta própria mas ainda não sei se terá sido a escolha acertada. Dá um pouco mais de trabalho mas também vos dá outra liberdade e controlo.

Tal como para o Kindle, basta usarem como base o ficheiro do Smashwords, retirarem quaisquer menções a outras lojas (Amazon ou Smashwords) e ficam com o ficheiro mais ou menos pronto. Infelizmente tive também de retirar as imagens para a Kobo porque ao fazer a conversão para EPUB ficaram com uma qualidade horrível. Ainda vou ter de descobrir como resolver isso.

Assim que tenham o documento Word pronto, há que convertê-lo para EPUB. Para isso basta terem o Calibre (gratuito), adicionarem o ficheiro Word como ebook e aproveitem para inserir a meta-dados (com o vosso documento seleccionado no Calibre, carreguem em ‘Editar Meta-Dados’, insiram o autor, a série, o nome do livro, tags, géneros, sinopse e façam upload da capa), depois façam ‘Converter Livros’, seleccionem EPUB (no canto superior direito) e deixem o Calibre trabalhar. Quando ele tiver terminado, vocês podem fazer download do EPUB e é esse ficheiro que vão depois submeter à Kobo.

Conclusão

Dá trabalho? Dá! E a primeira vez é extenuante, especialmente até descobrirmos os erros e os corrigirmos. Mas não se preocupem, mesmo que só depois de estar no site derem por ela que algo está mal, podem sempre fazer upload da nova versão, para qualquer um dos três sites.

Para já o que quero mesmo descobrir é como colocar as imagens em boa qualidade em ficheiros MOBI (para Kindle) e EPUB (para Kobo). Se alguém souber como se faz, avisem-me.
Ah! e mais uma coisa: Façam o que fizerem, não façam download da versão EPUB do Smashwords para depois colocarem no Kobo. No Smashwords eles pedem que não o façam e faz sentido, já que a conversão é feita pelo Smashwords e não é muito bonito usar o trabalho dos outros, sem permissão, só para nos facilitar um pouco a vida.

Dúvidas? Estejam à vontade para perguntar. Eu ainda sou novata nisto mas também aprendo com as questões dos outros.  Par os que já publicaram ebooks, deixem as vossas dicas e se conhecerem formas mais fáceis de fazer o que aqui falo, por favor comentem.

Espero que o post não tenha sido muito maçudo. Prometo que o próximo vai ser mais divertido (e não é sobre e-publicação).

Já fizeram download d’ “A Última Ceia“. O que acharam da história? E da formatação do ebook? Não se esqueçam que está disponível nas seguintes lojas:
Smashwords (vários formatos);
Kobo;
Apple Store;
– Amazon: US, UK, DE, FR, ES, IT, JP, CA, BR (ainda não estão listados como gratuitos, mas estou a tratar disso);

Autor: Ana C. Nunes

I love to write, read and draw. I write novels, draw characters and, sometimes, graphic novels or comics.

11 thoughts on “Formatação de Ebooks

  1. Adorei. Obrigada pelas dicas

  2. Ainda bem que achaste interessante. Espero que ajude.🙂

  3. Boas dicas, até há pouco tempo eu fazia tudo mais ou menos assim também. No entanto, agora ando entusiasmado com o serviço do Pressbooks.com, e ainda mais com o plugin para wordpress que vão lançar esta semana (que não dá jeito para toda a gente, mas suspeito que me vai ser essencial).
    O ebook que lancei hoje foi criado lá. Criei uma página para o livro, inseri cada capítulo como se fosse um blogpost, e exportei tudo para epub num dos formatos pré-definidos deles (que serão mais em breve, pelo que dizem).
    Depois abri o epub no Sigil e retoquei ligeiros pormenores, como substituir “table of contents” por índice, e adicionar o texto de copyright que a smashwords exige (só na versão destinada à smashwords, obviamente), e ficou pronto a fazer upload tanto para a Smash como para a Amazon.
    Recomendo!

  4. Luís, Eu ainda estou a dar os primeiros passos por isso é comum encontrar problemas. Vou explorar o que sugeres. Obrigada!

  5. Posso raptar os teus termos de licença?

  6. Claro!
    O que usei para o Smashwords foi mesmo o do smashwords, mas também podes usar o outro, sem problemas.🙂

  7. Oh Ana,
    O post é muito interessante… Nunca publiquei em e-book e ando agora a preparar-me para o fazer, mas até estou com medo… Não percebo NADA desses termos informáticos e até me arrepiam… Bolas!
    Mas sim, vou explorar e se não conseguir venho melgar-te.

    Beijinho e boas escritas🙂

  8. Carla,
    Parece mais complicado do que é na realidade, e depois de se fazer a primeira vez, já é mais fácil ainda. Mas estás à vontade para fazer perguntas. No que puder, ajudo.🙂

  9. Um texto muito, muito interessante e útil, bem como a sua, A última ceia. Gostava de passar um livro de poesia da minha autoria, mas quando o converto no Calibre, a formatação e paginação que fiz em word, perde-se… Pode ajudar-me?

  10. Olá José!
    Terei todo o gosto em ajudá-lo! Quanto ao calibre, não o aconselho para conversão de ficheiro doc para outros (mobi e epub) porque o Calibre não está feito bem para isso. É mais para conversão de epub em mobi e pdfe e outros. Não me parece que esteja prepararado para uma boa conversão do word. Talvez usar o Sigil, que é gratuito e intuitivo. Eu uso o Jutoh que é software pago mas muito em conta e extremamente fácil de utilizar. no entanto existem alternativas gratuitas. O Sigil é uma delas, mas existem outras.
    Se tiver dúvidas que eu possa esclarecer, não se acanhe.🙂

Comente / Comment

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s