Caneta, Papel e Lápis

Um blog sobre escrita criativa, de Ana C. Nunes (A blog about writing fiction, by Ana C. Nunes)

A vida repete-se * Life repeats itself

6 comentários

Semanário 159

São muitas as vezes que penso em parar com este relatório semanal. Ou porque acontece muitas vezes de pouco ter para dizer, ou porque não consigo dinamizar isto tanto quanto gostaria, ou simplesmente porque me apetece desistir de tudo (aqueles momento em que achamos que nada do que fizemos até aqui valeu de alguma coisa; sabem como é?).
Mas tenho resistido a isso e cada vez mais penso: porquê? E depois lembro-me de porque comecei isto em 2008 e as dúvidas desaparecem.

Gostava de poder ser eloquente e confiante ao dizer que vou continuar com isto, não tanto pelos leitores (embora também por eles), mas porque sei que preciso disto.
Já o disse várias vezes, mas repito: sou das pessoas que trabalha melhor quando sabe que tem ‘contas a ajustar’, nem que seja consigo mesma. Sabendo que tenho todas as semanas de vir aqui falar do meu progresso literário, faz com que não me encoste ao sofá sem fazer nada porque depois vou querer enfiar a cabeça num buraco quando chegar a segunda-feira e eu apenas puder dizer: “Não fiz nada!”

O que, felizmente, não foi o caso da semana passada. Mas, como já perceberam, tive de qualquer forma algumas dúvidas em relação à minha dedicação a esta arte que tanto gozo me dá, mas que também tantas dúvidas me traz.
Vale a pena? Acredito piamente que sim, mesmo quando o retorno não é o esperado.

O que é mais engraçado é que toda esta conversa (possivelmente repetida, de alguma forma, ou não andasse eu nisto há mais de 3 anos) não surge por culpa do email que recebi dizendo que o meu conto, “Segredos e Impulsos“, não foi seleccionado para a antologia A Fantástica Literatura Queer (embora eu tenha ficado um pouco triste em sabê-lo, como seria de esperar).
Não, nem foi isso que me deixou em baixo, até porque julgo que começo a ficar um pouco mais imune a rejeições. Não que estas alguma vez se tornem fáceis, mas quem sabe se tornem mais suportáveis. (Ou não?!)
E já que falo em “Segredos e Impulsos“, vou dar-lhe uma nova revisão, enviar para alguns beta-readers e depois decidir se o guardo para futuras submissões a outras antologias, ou se o revelo aqui no blog. Ainda não decidi, mas logo vos informo.

Ainda não comecei a rever o “Dragões e seus Sacrifícios” para grande decepção minha, mas sei que não foi por falta de vontade ou determinação e isso é bom o suficiente (ou terá de ser).
No entanto prossegui na delineação da história do “Lobo & Dragão” e quanto mais avanço com o resumo detalhado, mais percebo que esta história é gigantesca! Possivelmente o resultado de andar a matutar nela desde 2001. Quando se pensa muito numa coisa, ela cresce e cresce e (Adivinharam?) CRESCE!

E só para terminar fica a informação que no sábado, dia 5 de Maio, teve lugar o 2º encontro do Clube de Leitura de Braga, onde foi discutido o livro “A Fenda” da Doris Lessing.
O próximo encontro está marcado para 2 de Junho e o livro em discussão será “Os Malaquias” de Andréa del Fuego. Juntem-se a nós!

Já agora algum dos leituras daqui do sítio foi seleccionado para a A Fantástica Literatura Queer? E noutras antologias, alguém tem tido sorte?

 

*ENGLISH*

Weekly 159

Many times I think about ceasing this weekly report. It’s either because it happens too often that I’ve very little to say, or because I can’t make this as dynamic as I’d like, or simply because I feel like giving up on everything (those moments when you think that nothing you did was worth anything; You know?).
But I have persisted and that’s why all the more often I think: why? But then I remember why I started this in 2008 and the doubts just vanish.

 

I’d like to be more eloquent and confident while saying that I’ll keep doing this, not as much for the readers (although I think of them), but because I know that I need this. I’ve said it many times, but I’ll say it again: I am a person who works best when she knows she has to report back to someone, even if only to herself. Knowing that every week I have to come here and talk about my literary progress makes it impossible for me to just idly sit around, because, come Mondays, I’ll want to shove my head in a hole if all I have to say is “I didn’t do anything!”.

 

This, happily, wasn’t the case for last week. But, as you’ve noticed by now, I had more than a few doubts plaguing me in regards to my dedication to this art, which brings me so much joy but also many doubts.
Is it worth it? I really believe it is, even when the result isn’t what we idealized.

 

The funniest thing in all of this is that this ‘talk’ (possibly repeated in one way or another, since I’ve been doing this for more than three years) does not come aboard because I received notice that my short-story, “Secrets and Impulses (Segredos e Impulsos)” was not selected for the anthology The Amazing Queer Literature (although I’m sad to know this, as expected).
No, this wasn’t what let me down, and I actually believe I’m becoming a little immune to rejections. It’s not lie they ever become easy, but maybe more bearable. (Or is it?!)
And since I’m on the topic of  “Secrets and Impulses (Segredos e Impulsos)”, I’ll be giving it another revision, sending it to a few beta-readers and decide if I’ll save it for later submissions to other anthologies, or if I’ll post it here on the blog. I haven’t decided yet, but I’ll soon be informing you.

 

I have yet to start revising “Dragons and their Sacrifices”, to my great disappointment, but I’m sure it’s not caused by lack of will or determination and that will have to be good enough for now.
Yet, I did get ahead on the outline of “Wolf & Dragon” and the more I write with the detailed resume, the more I realized this story is enormous!
Possibly the result of my engagement to this project since 2001. When you think too long on something, it grows and grows and (guess what?) GROWS!

 

Finally I have to register here that on Saturday, May 5th, the 2nd encounter of Braga’s Reading Group took place, and the book discussed this time around was “The Cleft” by Doris Lessing.
The next meeting is scheduled for June 2nd and the book chosen was “Os Malaquias” by Andréa del Fuego. Join us!

 

And since we were on the subject, did anyone here get his/her short-story selected for The Amazing Queer Literature? And what about other anthologies, anyone has had any luck?


Nos meus outros blogs * On my other blogs:
– Compras – Abril 2012;
Clube de Leitura de Braga – Maio;
– “Empowered – volume 1“, de Adama Warren;
–  2º Encontro do Clube de Leitura de Braga;
– “Watashitachi no Shiawase na Jikan“, de Sumomo Yumeka.

Autor: Ana C. Nunes

I love to write, read and draw. I write novels, draw characters and, sometimes, graphic novels or comics.

6 thoughts on “A vida repete-se * Life repeats itself

  1. Pode ser que na próxima tenhas mais sorte, ainda preveem editar mais do Queer.
    Continua a escrever, Ana, és uma pessoa dedicada, e por muitos lados tens quem te acompanhe.

  2. Penso que os contos “Quatro Bilhetes para a Terra” por Carlos Silva e “Duas Gotas de Sangue e um Corpo para a Eternidade” por Carina Portugal aparecerão no volume amarelo.

    Concordo com tudo o que dizes e revejo-me na maioria. A exposição publica do processo é uma excelente maneira de incentivar o trabalho. As dúvidas sobre se “vale a pena ou não” acho que todos os escritores as partilhamos.

  3. Eu também concorri, e não fui seleccionada. Mas tenho muitas dúvidas quanto à adequação do texto que enviei, eheh.
    Também tenho dias que tenho sérias dúvidas quanto a continuar a seguir a minha linha de escritora. À custa disso já tive largos meses sem escrever.😦

  4. Sim, os organizadores disseram que podia voltar a concorrer, mas logo vejo se na altura tenho outras ideias.

    Obrigada pelo apoio, Rui. Não desistas também.

  5. Sim, vi lá alguns nomes que reconheci mas podia-me ter escapado algum, ou alguém estar a usar pseudónimo.

    Crises existenciais é típico dos artistas.🙂

  6. Olinda, é pena que não tenhas sido seleccionada, mas pode ser que a nossa sorte mude.🙂

    O meu medo é mesmo que acabe por ficar muito tempo sem escrever. Já tive uma fase dessas há muitos anos atrás e não queria repetir.

    Boa sorte!

Comente / Comment

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s