Caneta, Papel e Lápis

Um blog sobre escrita criativa, de Ana C. Nunes (A blog about writing fiction, by Ana C. Nunes)

Semanário 142 (Weekly 142)

4 comentários

*To read this post in English, please scroll down to the text in green.*

A primeira semana do novo ano não foi nada do que eu esperava. Não tinha feito muitos planos, mas a verdade é que não fiz nada do que tinha planeado e fiz muita coisa que não estava a contar fazer.

Para começar a semana, vi que estavam abertas submissões para a nova Antologia Super-Heróis, promovida pela Editora Draco (brasil) (que está também à procura de submissões para outras antologias, mais informações no blog da editora).
Não sei se já o referi aqui no blog mas quando comecei a escrever, foi sobre super-heróis, daí que o tema me tenha agradado imenso e não tardei a ter uma ideia que me parece interessante. Apontei logo a trama e personagens num caderno e no final da semana comecei a escrever o conto, embora ainda esteja mesmo no o início porque sofri um pequeno bloqueio. Daqueles em que temos a história toda delineada mas quando vemos uma folha em branco ficamos sem saber por onde começar. Como eu detesto quando isso acontece!

Além disto, soube que o prazo de submissão para a Antologia Lisboa ElectroPunk foi alargado até final de Janeiro e decidi repensar a situação. Já tinha dito que ideias não tinha, mas quando vi o prazo alargado uma pequena faísca acendeu-se no meu cérebro. Ainda é demasiado ténue para saber ao certo se vai dar em algum conto, mas penso explorar o conceito em breve e ver no que dá.

Já no final da semana, fiquei também a saber que o Álvaro Holstein está a pensar juntar os melhores contos rejeitados pela Antologia FantasPorto 2012 e publica-los numa antologia com o título Gaitzetsi. Como fui uma das ‘rejeitadas’, enviei o meu conto e é aguardar para ver.
Os que participaram no concurso do FantasPorto e não foram escolhidos, podem saber mais informações aqui: Antologia de rejeitados do Concurso de Contos de Ficção Científica Fantasporto 2012.

E assim começa o ano em que, se as coisas correrem minimamente de acordo com o planeado, pretendo tentar a minha sorte em muitas antologias/publicações e se não for escolhida para nenhuma é provavelmente porque não tenho talento e isso será o suficiente para que eu mude o rumo da minha escrita. (Não estou a armar-me em coitadinha, por isso não o interpretem como tal)
Como diz a minha mãe: «Vamos indo e vamos vendo.»

*English*

The first week of the new years didn’t turn out as I expected. I didn’t have many plans, but the truth is I did nothing of what I wanted and did many things which I had not anticipated.
At the beginning of the week, I saw that submissions were open for the new  Antologia Super-Heróis (Super-Heroes Anthology), promoted by Editora Draco (brasil) (which is also looking for submissions on other anthologies, see more on their blog).
I’m not sure if I mentioned this before but, when I started writing it was about super-heroes, so this theme is really interesting to me and it wasn’t long before I got an idea that sounded good. I wrote down the general plot and the characters and at the end of the week I started writing the short-story, even if just the beginning because of a writers-block,. One of those you get when you’ve got the whole story lined out in your head, but as soon as you see a blank page you don’t even know where to start. I hate when that happens!

Aside from this, I found out that the deadline for submitting to  Antologia Lisboa ElectroPunk (Electropunk Lisbon Anthology) was extended till the end of January and I decided to rethink the case. I had already said here that I had no ideas, but when I saw that the deadline was extended, a small sparkle lit up my brain. It’s still too weak to know if it will become a short story but I’ thinking of exploring it and seeing were it goes.

By the end of the week I also found out that Álvaro Holstein was thinking of gathering short-stories rejected for the Fastasporto 2012 Anthology and publish them in an anthology named Gaitzetsi. Seeing as I was one of the ‘rejects’, I sent my short story and now it’s ‘wait and see’ time.
To all those who tried out for the FantasPorto contest and didn’t get picked for publication, go here for more information: Antologia de rejeitados do Concurso de Contos de Ficção Científica Fantasporto 2012.

And that’s the beginning of the year in which, if things go according to plan, I will be trying my luck with more anthologies/publications and if I don’t get picked for any then that’s probably because I have no talent and that will be enough to change my way of facing writing. (I’m not looking for pity here, so please don’t interpret it that way)
As my mother says: «We’ll go, and we’ll see.»

Nos meus outros blogs (On my other blogs):
Garnath webcomic 20;
L.C. Lavado procura beta-readers – Divulgação.

No exterior (On the Outside):
12 Writing Resolutions for the 12 Months of 2012, no WordPlay;
Spoiler alert! What makes a great ending?;
Weaving (plot) threads, no blog de Patricia C. Wrede;
Increase Your Productivity with Interval Writing, no Creatspace;
Hook the Reader With a Sneak Peek, no WordPlay;
Procuram-se: Leitores-Beta, no blog de L.C. Lavado;
Transignorâncias (2): E o mais importante é?…, no A Lâmpada Mágica;
The most important character archetype, no The Write Practice;
Antologia de rejeitados do Concurso de Contos de Ficção Científica Fantasporto 2012, no Gaitzetsi;
Don’t Talk Down to Kids, no Modern Myth Tools;
Don’t Drown Your Reader in Explanations, no WordPlay;
Behind the Scenes: Writer’s log I, no Crónicas Obscuras;
Natural Sounding Dialogue, no ACME Authors;
A diversidade sexual na literatura fantástica, no Universo Fantástico

Autor: Ana C. Nunes

I love to write, read and draw. I write novels, draw characters and, sometimes, graphic novels or comics.

4 thoughts on “Semanário 142 (Weekly 142)

  1. bastantes submissões abertas para antologias neste início de ano para estimular escritores, espero que os teus contos correm muito bem e boa sorte!
    estou curioso, sobre a mudança de rumo referes em mudar de género literário? Não podemos esquecer que as antologias é uma selecção subjectiva de um júri, muitas das vezes apenas de um elemento. São gostos.

  2. Não me refiro a mudar de género, até porque não me vejo a fazê-lo. Gostos de escrever fantasia e ocasionalmente ficção científica.
    E claro que tudo depende de gostos, mas chega uma altura em que temos de perceber que se ninguém escolhe um trabalho nosso, depois de imensas submissões, é porque o defeito deve estar em nós. Mas isso é algo que só será ponderado por mim no fim do ano. Tudo pode mudar entretanto.

  3. Olinda,
    Muito obrigada pela menção. Vou colocar o selinho no blog.🙂

Comente / Comment

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s