Caneta, Papel e Lápis

Um blog sobre escrita criativa, de Ana C. Nunes (A blog about writing fiction, by Ana C. Nunes)

O Passado e o Presente (Semanário 109)

Deixe um comentário

Na segunda-feira fiquei estranhamente feliz com uma coisa bastante simples que me aconteceu:
A minha mãe tinha sido operada no fim-de-semana, e infelizmente na 2ª feira estava a sentir-se mal, por isso fiquei em casa com ela. Nessa altura ela pediu-me para eu lhe ler um pouco da minha história “V.I.D.A.“, que ela já tinha lido na totalidade e tinha adorado (segundo a própria).
Agora não sei se sou só eu, ou se é algo que a maioria dos autores sente, mas eu não gosto de ler os meus escritos em voz alta. Por isso li, mas com alguma relutância. Achei que fui horrível (a sério que sim), mas quando terminei a minha mãe estava emocionada e disse que tinha adorado aquele ‘momento’.
Confesso, fiquei toda encavacada, especialmente porque me tinha custado imenso a ler em voz alta, e em contrapartida ela tinha gostado tanto daquilo. Às vezes são as pequenas coisas que têm o maior significado e o maior impacto.

Já a partir de terça-feira comecei a fazer uma outra revisão no “Através do Vidro“, e tenho confiança que vai ser a última revisão. Durante a semana trabalhei exclusivamente nisto, e já passei de metade do livro, por isso em breve devo terminar.
As coisas estão a correr bem, nesse panorama, embora esteja menos confiante neste livro do que no “V.I.D.A.” ou mesmo no “Angel Gabriel“. Não sei se é culpa do género (virado para a ficção científica) ou se é por causa do formato (quatro contos que formam um romance), mas apesar de sentir que está completo e bem estruturado, já não o acho tão bom como anteriormente.
Eu sei que isto acontece com tudo o que escrevo (e pelo que oiço dizer. o emsmo acontece com todos os leitores), e por um lado é bom porque significa que estamos cada vez mais exigentes com o nosso próprio trabalho, mas ao mesmo tempo é triste perder um pouco daquele fascínio original que tinhamos pelas nossas obras.
Não me interpretem mal! Continuo a gostar do que escrevi (caso contrário não o submeteria a editoras ou a concursos), mas há um certo afastamento emocional que vem com a dedicação a novos projectos.
É um pouco triste …

E vocês? Sentem este distanciamento das vossas obras passadas, e a crescente exigência, ou não?

No Floresta de Livros:
– “A Verdadeira Invasão dos Marcianos“, de João Barreiros;
– Top Ten Tuesday – Jerks in Literature;
– Booking Through Thursday – Apropriado à idade;
– “Dark Swan – Storm Born 1“, de Richelle Mead / Grant Alter / David Hamann.

No exterior:
Mothers in Fairy Tales, no The Enchanted Inkpot;
Do You Really Need an Author Blog if you’re on Facebook or Twitter?, no Writer Unboxed;
The art of Dreaming, no Writer Unboxed;
Does Your Story Maintain Consistency in the Details?, no WordlPlay;
Characterization: Controlled Hallucination or Craft?, no Murdererati;
Staying out of the story, no Writer Unboxed;
Owning your creative past, no Murdererati;
Switching teams, no Murderati;
The Secret Ingredient of Original Storeis, no WordPlay.

Autor: Ana C. Nunes

I love to write, read and draw. I write novels, draw characters and, sometimes, graphic novels or comics.

Comente / Comment

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s