Caneta, Papel e Lápis

Um blog sobre escrita criativa, de Ana C. Nunes (A blog about writing fiction, by Ana C. Nunes)

Semanário 15

2 comentários

semanario_9

Odeio a minha cadeira! Juro que odeio. É que ela está partida e agora sempre que me encosto nela … Ai que dores de costas! E estar sem as costas apoiadas é um suplício. Raios eu tenho uma sorte dos diabos. Se usar uma das outras que andam pela casa ainda é pior porque essas fazem-me doer o corpo todo e não só as costas. Ai sorte!

Mas vamos ao que interessa …. Não escrevi NADA! Passei a semana toda a fazer sabe-se lá bem o quê mas não escrevi nada para o “Angel Gabriel” e nem para os meus contos. Estou parva! Esta semana vou ter de escrever muito, mas muito mesmo para acabar o primeiro esboço antes de Abril. Mês esse em que me vou aventurar no ScriptFrenzy e no fundo poço da edição de “Angel Gabriel”. Não há desculpas. Tenho de acabar até ao dia 31, senão … nem sei que faço …

A meio de uma leitura ávida de blogs de escritores, dei por mim a ter a ideia perfeita para iniciar o “Angel Gabriel“. Claro que eu já escrevi um início, mas um que não me satisfazia e que eu sabia que não agarraria o leitor.
Agora que sei onde e como iniciar a história já estou mais descansada. Tenho sempre muitas dificuldades em conseguir um ponto de partida satisfatório. Estou sempre em constante debate interior sobre se começo aqui ou ali, ou talvez mesmo acolá. Dilemas!

Esta semana fiz cópias de segurança de todos os meus documentos (histórias, desenhos, ilustrações, etc.) e quase bati em mim própria quando me dei conta que não o fazia desde Outubro de 2008 … 5 meses! Eu sou mesmo lerda!
Já por duas vezes tive a infelicidade de perder tudo o que tinha no disco rígido e mesmo assim parece que não aprendi a lição. Também não ajuda nada que, por alguma razão (talvez eu saiba menos do que penso), o programa não me deixa adicionar ficheiros aos discos-cópia, ou seja, tenho de os formatar e copiar tudo lá para dentro outra vez. Seca! (o problema é que dantes eu podia fazê-lo e não sei porque agora já não dá)
A primeira vez foi com o meu velho computador em 2002. Na altura só tive vontade de arrancar os meus cabelos. Tinha algumas coisas gravadas em disquetes, mas infelizmente perdi muitas coisas para sempre, além de ficar permanentemente sem computador.Fiquei quase um ano sem computador e foi um suplício. Escrevia tudo à mão (coisa que eu ainda adoro fazer) enchendo cadernos atrás de cadernos com histórias que nunca mais sairão da gaveta (o horror das primeiras escritas). Depois não aguentei mais e contra tudo e todos (especialmente a minha mãe), meti-me a comprar um computador com o meu salário de miséria. Foi caro, muito caro, mas eu paguei-o em prestações e a coisa lá andou. Ainda hoje continuo coma mesma máquina, sempre a chiar e a queixar-se que tem pouco espaço no disco, mas dá para as encomendas (que não são poucas).
Claro que, sendo já velhote o computador deu o berro há menos de um ano atrás … e eu berrei com ele. Perdi tudo! Não se salvou nem um ficheiro dos meus documentos! Os documentos dos outros utilizadores ficaram intactos, mas eu que sou a administradora fiquei a ver navios. Ai que raiva que me deu! Só tive vontade de o atirar do terceiro andar onde moro.
Felizmente tinha feito cópias de segurança um mês antes e consegui recuperar grande parte dos meus (maravilhosos) trabalhos, mas o meu portefólio e alguns outros projectos que eu tinha avançado nesse intervalo, nunca mais verão a luz do dia.
Por tudo isto eu já devia saber que tenho de fazer cópias de segurança de mês a mês, no mínimo. E nas coisas mais usadas (Angel Gabriel) devia fazer todas as semanas (coisa que não faço).
Durante o NaNoWriMo eu enviava cópias da minha escrita, por email, para mim própria, todas as semana. Não fosse o diabo tecê-las! Mas desde aí a ideia só me atravessa o pensamento de quando em vez, que é como quem diz de 3 em 3 meses. Bolas! Burro velho não aprende línguas, não é?

Autor: Ana C. Nunes

I love to write, read and draw. I write novels, draw characters and, sometimes, graphic novels or comics.

2 thoughts on “Semanário 15

  1. A minha cadeira range e inclina-se quando me encosto.😦 Acho que nunca vou encontrar a cadeira perfeita. Desafio-te a uma tese sobre cadeiras.

    E nada? NADA? O que é que andaste a fazer, a dar as boas vindas à Primavera? LOL Deixa lá que eu não fui muito melhor.

    E cópias? Pff, nunca faço disso. Mas devia. Perdi as minhas histórias todinhas na Great Crash Of 2008. Em Junho, ou assim. :S

  2. Nada, nada mesmo. Eu devia ter vergonha (e tenho).
    Tese sobre cadeiras … isso ia ter para ai umas 100 páginas no mínimo. lol

Comente / Comment

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s