Caneta, Papel e Lápis

Um blog sobre escrita criativa, de Ana C. Nunes (A blog about writing fiction, by Ana C. Nunes)

A Mediadora I – Terra Sombria

Deixe um comentário

Há uns anos atrás, surgiu-me a ideia para uma nova história, sobre uma jovem que conseguia ver fantasmas. Tudo evoluiu a partir daí e, durante meses escrevi alguns capítulos. Depois parei e nunca mais voltei a pegar na história, embora saiba que a quero terminar.

Uma das razões que me levou a parar, foi tomar conhecimento da série Ghost Whisperer (Entre Vidas). A ideia principal é semelhante e isso deixou-me um pouco abalada. É claro que eu sabia que a minha ideia não era original e rapidamente esse “bichinho” parou de me chatear, já que a minha história era muito diferente da série. Só o principio básico era o mesmo! (Já agora, fica aqui a nota de que eu não gosto da série)

No entanto, não regressei à escrita. Porquê? Porque eu sou de luas! (Não estou a brincar.)

Mas bem, a história sempre esteve presente e agora vou contar-vos um segredo (ou nem por isso):
O primeiro título que eu dei ao livro foi “Mediadora”, já que, na minha completa inocência, ninguém ainda se tinha lembrado de usar esse termos para definir pessoas que contactam com fantasmas. (até criei um email para mim com “mediadora”)
Pois sim …

Descobri agora (há cerca de 1 mês), que, não só eu não sou a primeira a dar-lhe esse nome, como já existe uma série de livros com esse título.

BAM!
A minha sorte foi que, já há bastante tempo, eu decidi mudar o nome para “No limiar da vida” A ver vamos se não há já outro livro com esse nome).

Curiosa como sou, não resisti a dar uma espreitadela no primeiro livro da colecção “A Mediadora“, uma obra de Meg Cabot, mais conhecida pela afamada saga “Diário da Princesa”.

Esta opinião está agora hospedada na Floresta de Livros.

Classificação: 7/10

Voltando ao tema inicial (o facto de a minha história não ser assim tão original), a verdade é que, ainda assim, há muitos pontos a favor do meu (futuramente pronto) livro “No limiar da vida”. Tem alguns elementos que não vejo, e espero não ver, noutros livros e histórias do género. De qualquer forma, já não há volta a dar. Apaixonei-me pela minha história e pelas minhas personagens, por isso tenho de dar voz às suas (fictícias) vidas. Mas primeiro tenho de acabar o “Angel Gabriel”.

Autor: Ana C. Nunes

I love to write, read and draw. I write novels, draw characters and, sometimes, graphic novels or comics.

Comente / Comment

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s